04/08/2011

oferenda

10 comentários:

  1. Notei que em suas tiras, piadas com pênis são recorrentes. Por quê essa fixação com pintos? Seria para causar impacto? Seria um tipo de humor que ninguém ousou fazer até agora? Ou apenas uma obsessão doentia?

    ResponderExcluir
  2. as vezes um pinto é apenas um pinto, anonimo

    ResponderExcluir
  3. Pintos também podem ser engraçados. O humor fálico é um humor válido, oras.

    ResponderExcluir
  4. Olá, Anônimo.

    Causar impacto é sempre o último dos objetivos nas tiras. Se fosse uma obsessão minha por rolas, eu aqui relataria sem o menor constrangimento, mas deixo claro que não possuo nenhuma fixação ou qualquer apreço por falos. Nas minhas tiras, o falo é a simples representação da sacanagem propriamente dita. Só isso. Não tem como sacanear um cara com a representação de uma vagina, já que a figura dela representa um agradabilíssimo teor atrativo. Já o pau é repugnante e causa a aversão desejada.

    Apenas reforcei o que já haviam dito (acima) Buhler e Sintozoide.

    Obrigado a todos os leitores pelas visitas e comentários.

    ResponderExcluir
  5. "Já o pau é repugnante e causa a aversão desejada."

    Eu ri.
    huashuashs

    ResponderExcluir
  6. Marco conheces o Peter Baiestorf? Ele faz uns filmes trash em santa catarina... e ele tem um discurso bem legal sobre como o penis choca as pessoas muito mais do que um monte de sangue e tripa voando pra todos os lados. quando li o anônimo pensei exatamente nisso hahaha.

    ResponderExcluir
  7. ^^^^^^ realmente, se a tira tivesse um monte de tripas e sangue ninguém falaria nada.

    ResponderExcluir